Aviação Executiva

Anac inicia ofensiva contra os táxi-aéreos clandestinos

Os usuários poderão consultar, pelo site da Agência, a regularidade da empresa e da aeronave a ser utilizada nesse transporte


A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) criou um espaço em sua página na internet com informações sobre as empresas de táxi aéreo. Antes de contratar o serviço de taxi aéreo o usuário poderá verificar a regularidade da empresa e da aeronave a ser utilizada nesse transporte. "O objetivo da ANAC ao prestar esse serviço à sociedade é contribuir para que os usuários contratem apenas serviços autorizados e, consequentemente, mais seguros", explica Cláudio Ianelli, gerente de Ação Fiscal da Anac. "Essa precaução certamente contribuirá para aumentar a segurança do usuário". O usuário deve estar atento também se a aeronave possui a "táxi-aéreo" em local bem visível, uma exigência da Anac. Além disso, as empresas autorizadas pela Agência são obrigadas a contratar seguro para casos de indenização. A lista de empresas será atualizada semanalmente com a incorporação as alterações cadastrais ocorridas ao longo da semana anterior. A prática irregular de táxi-aéreo é uma infração ao Código Brasileiro de Aeronáutica (CBA) e deve ser denunciada à Anac. Os próprios usuários podem fazer denúncias pelo telefone 0800-725445 (24 horas em português, inglês e  espanhol) ou acessando o Fale com a Anac no site www.anac.gov.br.

Da redação

Publicado em 5 de Setembro de 2013 às 16:04


Notícias Anac táxi aéreo pirata fiscalização