Usa óleo de cozinha usado

Airbus A319neo faz primeiro voo com combustível 100% sustentável

O uso do SAF em voos comerciais está previsto para até 2030


Airbus A319neo

Um dos motores da aeronave foi movida com combustível sustentável - Foto: H. Goussé

O Airbus A319neo tornou-se a primeira aeronave de corredor único a operar com combustível sustentável de aviação (SAF), sem qualquer tipo de mistura, como parte de um estudo.

A aeronave partiu de Toulouse (TLS), na última quinta-feira (28), com um de seus motores (CFM Leap-1A) movido integralmente com SAF para o primeiro voo de teste que durou três horas. Os testes são usados para garantir que a aeronave atenda a todos os requisitos de segurança e desempenho aplicáveis antes que outros voos possam ocorrer.

O estudo, conhecido como Volcan ("VOL avec Carburants Alternatifs Nouveaux"), é um projeto conjunto entre a Airbus, a Safran, a Dassault Aviation, a Onera e o Ministério dos Transportes da França. Os envolvidos analisam a compatibilidade do uso integral do SAF em aeronaves de corredor único.

O combustível é feito de ésteres hidroprocessados e ácidos graxos (Hefa), que geralmente consiste óleo de cozinha usado e outras gorduras residuais. O próximo passo é o teste a bordo do desempenho de emissões, previsto para novembro.

A previsão é de que a certificação do SAF, bem como os primeiros voos comerciais tendo-o como padrão, aconteçam até 2030.

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

 

 

Marcel Cardoso

Publicado em 30 de Outubro de 2021 às 10:40


Notícias noticias noticias de aviação Airbus A319neo SAF óleo cozinha combustível teste