Corrida no aeroporto

Aeroporto do Galeão pode receber etapa da Stock Car

Uma das pistas pode ser fechada para o evento


Aeroporto do Galeão

Se a solicitação for aprovada, parte da pista 10-28 (na foto, ao fundo) será usada para a corrida - Foto: RIOgaleão

 

O aeroporto internacional do Galeão (GIG), no Rio de Janeiro, pode receber uma etapa do campeonato brasileiro de Stock Car na segunda quinzena de outubro. 

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou ao AERO Magazine que está analisando um pedido feito pela RIOgaleão, concessionária que administra o local, para o fechamento da pista (RWY) 10-28 entre os dias 17 e 28 do próximo mês para o evento.

A ideia seria utilizar a parte central dos quatro mil metros da pista e trechos de pelo menos quatro taxiways para a formação do circuito. Caso confirmado, será a primeira vez que um aeroporto será usado para corridas no Brasil. 

Um dos desafios logísticos será o transporte do material necessário pela organização, além da eventual presença de público, respeitando os protocolos sanitários vigentes. O acesso por via terrestre até as proximidades é bastante restrito, por conta da presença de empresas de táxi aéreo e de um hangar de manutenção de aeronaves, além do entorno ser considerado área de risco, pela existência de uma comunidade dominada pelo tráfico de drogas.

A Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), em nota enviada a AERO Magazine, afirmou que não está envolvida no processo. A escolha dos  circuitos é responsabilidade da promotora da Stock Car. Procurada, a RIOgaleão não se manifestou. 

Nota na íntegra da Confederação Brasileira de Automobilismo:

Quanto à questão formulada, a CBA não está envolvida no processo e explico o motivo. Todo promotor de campeonatos de automobilismo, como é o caso da Vicar que promove a Stock Car, tem autonomia de buscar alternativas para seus eventos para além dos autódromos tradicionais. É comum, portanto, que existam conversações com entes públicos ou privados nesse sentido.

Quando há avanços nessas conversas no sentido de a competição efetivamente estar em condições de acontecer, a CBA é comunicada pelo promotor de sua intenção, iniciando aí a participação na entidade. Inicialmente, atua a Comissão Nacional de Circuitos, que visita o local e avalia a pertinência técnica de ali ser realizada uma corrida de automóvel. Em havendo, algumas adequações podem ser solicitadas para a pista não permanente receber a homologação da CBA, que é a autorização formal para o evento.

Esse estágio não foi iniciado, o que significa dizer que as conversações provavelmente ainda não atingiram o grau definitivo. Por ser prerrogativa do promotor, um aprofundamento sobre o que está ocorrendo pode ser obtido com assessor de imprensa da Stock Car, o jornalista Rodolpho Siqueira, que nos lê em cópia.

Espero ter podido esclarecer e aproveito para dizer que sou apreciador há anos de sua revista, principalmente das matérias sobre pequenas aeronaves.

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

Marcel Cardoso

Publicado em 7 de Setembro de 2021 às 10:00


Notícias noticias noticias de aviação Galeão Aeroporto Stock Car Corrida Automobilismo Anac Riogaleao