Mais luminosidade e menor consumo

Aeroporto de Brasília espera economizar 65% no consumo de energia

Novo sistema de iluminação por lâmpadas de LED permite maior claridade e segurança


O Aeroporto de Brasília está substituindo os atuais 634 refletores do pátio de manobras por lâmpadas de LED. As antigas lâmpadas eram do tipo vapor de sódio que emitem luz amarelada e consomem mais energia.

Com a mudança e a utilização de nova tecnologia, a iluminação das áreas de manobra de aeronaves ficará mais claras. Os novos refletores emitem uma luz branca, com menor potência, maior luminosidade e de alta durabilidade.

LEIA TAMBÉM

A equipe de manutenção elétrica da Inframerica deu início ao trabalho de substituição das luminárias no final de agosto deste ano e segundo a concessionária a diferença já é perceptível.

“As luzes de LED têm mais eficiência, ou seja, iluminam mais, e possuem potência menor, consequentemente, consomem menos energia”, conta Kleber Beirão, coordenador de eletroeletrônica do Aeroporto de Brasília.

A previsão é que até dezembro toda a iluminação do pátio seja trocada. A empresa espera reduzir o consumo em 65%, percentual correspondente ao sistema de iluminação do pátio e economia de 4,2% no consumo total do aeroporto. O investimento realizado para substituir as luzes é de aproximadamente R$ 600 mil.

A Inframerica que ao final do processo a nova iluminação será notória tanto para funcionário quanto para pilotos e passageiros, aumentando consequentemente a segurança.

Edmundo Ubiratan | Imagem: Divulgação

Publicado em 8 de Outubro de 2019 às 15:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião aeroporto Brasília Inframerica pátio lâmpada LED vapor de sódio