Planos futuros

Aeromexico anuncia encomenda para adquirir 28 aviões da Boeing

Em processo de recuperação judicial, o acordo ainda depende de aval da Justiça dos EUA


Boeing 787 da Aeromexico

Visando reduzir custos operacionais a Aeromexico mantém planos de renovação da frota

A Aeromexico anunciou um acordo com a Boeing para adicionar 28 aeronaves à sua frota, sendo 24 unidades do 737 MAX (com opção para as séries -8 e -9) e quatro 787-9.

Os nove primeiros aviões estão previstos para serem entregues no início do terceiro trimestre. As demais, a partir do segundo semestre, com as chegadas ocorrendo ainda ao longo de 2022.

Além disso, houve uma modificação nos contratos de manutenção a longo prazo e a renegociação dos arrendamentos de dezoito aeronaves. A empresa aérea mexicana espera economizar US$ 2 bilhões (R$ 11 bilhões) com esta movimentação.

Mesmo passando por um por processo de recuperação judicial nos Estados Unidos, conhecido como Capítulo 11, desde junho de 2020, a Aeromexico continua investindo na modernização da frota, com consequente redução dos custos operacionais. Porém, o Tribunal do Distrito Sul de Nova York ainda deverá sinalizar se haverá o aval para a negociação.

Segundo o CEO da companhia, Andrés Conesa, o acordo fornece flexibilidade para outros negócios e aumenta a perspectiva de que a Aeromexico saia do Capítulo 11 ainda em 2021.

Por Marcel Cardoso

Publicado em 26 de Abril de 2021 às 16:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação Aeromexico Boeing 737 MAX 787 Capitulo 11