Para impressionar os brasileiros

Base da Etihad Airways, que começa a voar para o país neste mês de junho, Abu Dhabi investe pesado na ampliação do seu principal aeroporto, que receberá terminal gigantesco até 2017

Robert Zwerdling | Fotos Divulgação em 11 de Junho de 2013 às 06:30

Impressionante. Talvez esse seja o melhor termo para descrever com uma só palavra o projeto do novo Midfield Terminal Complex (MTC), o gigantesco terminal de passageiros que será construído no Aeroporto Internacional de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. As obras já foram iniciadas e o edifício deverá ser entregue em 2017, permitindo ao aeroporto atender com tranquilidade a um movimento anual de até 40 milhões de passageiros. De acordo com a Abu Dhabi Airports Company (ADAC), a empresa responsável pela administração do campo, o projeto do novo terminal segue um programa governamental denominado "Abu Dhabi 2030", que visa a preparar estruturalmente a região para atender à demanda esperada para os próximos 20 anos, tanto na área urbana quanto em portos e aeroportos. O prédio do MTC terá forma de letra "X", ocupando área de 700.000 m², e poderá acomodar até 65 aeronaves, incluindo os superjatos Airbus A380. Será tão grande que o terminal poderá ser avistado a uma distância de 1,5 km. O projeto paisagístico da área interna prevê muitos jardins, palmeiras, espelhos d'água e terá bom aproveitamento de iluminação natural. No centro do complexo estará a parte mais alta da construção, com cobertura elevada a 52 m. O projeto prevê a utilização de 69.000 ton de aço e 680.00 m³ de concreto, além da cobertura de vidro que ocupará área total de 418.000 m².

No setor de embarque, o usuário terá à sua disposição 165 balcões de check-in e 48 quiosques de autoatendimento, dando ao terminal a capacidade para receber 8.500 passageiros a cada hora. Já o setor de restituição de bagagem estará estruturado para processar 19.000 malas a cada hora por meio de 22 km de esteiras e 10 carrosseis. O sistema para controle de ar-condicionado trabalhará automaticamente, levando em conta temperatura externa, incidência dos raios do sol ou qualquer outra alteração climática significativa. Já a água utilizada nos banheiros será tratada ainda no aeroporto para ser reutilizada no sistema de irrigação dos jardins. Os engenheiros também estão trabalhando lado a lado com as equipes responsáveis pela construção de Masdar, um município planejado na área de Abu Dhabi, que busca a total sustentabilidade. Também no projeto de ampliação do aeroporto consta a reserva de recursos para as obras de construção de uma terceira pista - hoje o aeroporto opera pousos e decolagens em duas pistas paralelas - e um novo centro de controle de tráfego aéreo. O custo total das obras, incluindo o novo terminal, está estimado em US$ 6,8 bilhões.

BENFEITORIAS PARA CRESCER

O Aeroporto Internacional de Abu Dhabi é um grande colecionador de prêmios. Só no começo deste ano ganhou dois: o de melhor aeroporto no Oriente Médio pelo World Airport Awards, em avaliação promovida pela inglesa Skytrax, que é especializada no segmento de pesquisas de opinião em aeroportos; e também o de melhor aeroporto na região em Airport Service Quality, prêmio do Airports Council International (ACI), organização com sede em Genebra, na Suíça.

O complexo recebeu mais de 126 milhões de passageiros desde a inauguração do primeiro terminal em quatro de janeiro de 1982. Naquela época, o movimento não passava de cinco milhões de usuários. Com o passar do tempo, o movimento cresceu significativamente. Só em 2008, o aeroporto registrou aumento de 34% no movimento de passageiros sobre o período anterior. Em 2010, Abu Dhabi já recebia mais de 10 milhões de passageiros, enquanto, em 2012, superou a casa dos 14 milhões de usuários. Para se adequar à demanda, o aeroporto vem continuamente recebendo benfeitorias para aumentar sua capacidade. Os administradores inauguraram o Terminal 2 em setembro de 2005 e, em 2009, entregaram as obras do Terminal 3. Mais recentemente, o Terminal 1 passou por revitalização e hoje atende seus usuários com um edifício bastante confortável (297.000 m²) e nove pontes de embarque. O Terminal 3, naturalmente o mais moderno e mais amplo, com 405.000 m², oferece oito fingers para estacionamento de widebodies, dois dos quais específicos para os Airbus A380. Porém, como o aeroporto já atingiu o ponto de saturação, a ADAC assinou contrato com a Taylor Woodrow International Construction LLC para execução de obras de ampliação, que devem se estender até fevereiro de 2014.

Os edifícios oferecem conexão Wi-Fi gratuita, jornais e revistas para livre leitura em pontos estratégicos servidos por sofás e mesinhas, playgrounds, lounges e áreas para banho mesmo para os passageiros que não estão viajando em primeira classe ou classe executiva - com utilização mediante pagamento de taxa - e também um hotel de médio conforto com 40 apartamentos, localizado no Terminal 1. Outra facilidade oferecida pelo aeroporto é o check-in antecipado. Por meio dele o passageiro pode despachar a bagagem até 24 horas antes do voo em diversos pontos da cidade, incluindo o ADNEC (Expo Check-in), City Terminal (City Check-in) e os hotéis Park Rotana e Crowne Plaza, na Yas Island, que é palco do circuito de rua do Grande Prêmio de Fórmula 1 de Abu Dhabi. Chegando ao aeroporto, o passageiro segue direto para a área de embarque, sem o incômodo do despacho da bagagem. Quem desembarca, pode seguir para o centro de táxi ou em ônibus comum da linha 901, que cumpre o trajeto em 45 minutos. A Etihad Airways também oferece serviço gratuito de ônibus executivo na ligação entre os aeroportos de Abu Dhabi e Dubai.

AEROPORTO INTERNACIONAL DE ABU DHABI - EMIRADOS ÁRABES UNIDOS

Código OACI - OMAA
Código IATA - AUH
Posição - N24 26.0 E054 39.1
Elevação - 88 pés (27 m)
Distância para o centro - 32 km
Pistas - 13R/31L 4.100 x 60 m
13L/31R 4.100 x 60 m

ILS - 13R 126º 108.9 IAE
13L 126º 110.3 IAS
31R 306º 108.75 IAN
31L 306º 109.3 IAW

VOR - Abu Dhabi (114.25 ADV)
ATIS - 125.1
Torre Abu Dhabi - 119.2; 120.425
Solo Abu Dhabi - 123.975; 121.95
Radar Abu Dhabi - 124.4; 124.625; 128.1
Categoria contra incêndio - 9

Administração - Abu Dhabi Airports Company (ADAC)
Website - www.abudhabiairport.ae
Telefone - +971 2 575 7500
Oficina de manutenção - Gulf Aircraft Maintenance Company

DOMÍNIO ECONÔMICO

Localizado a 32 km do centro metropolitano de Abu Dhabi, o aeroporto tem hoje capacidade para movimentar 12 milhões de passageiros ao ano, com previsão de quadruplicar esse número até 2017, após a entrega do Midfield Terminal Complex. Atualmente, são 53 companhias aéreas com serviço para 93 destinos em 50 países. Abu Dhabi é a base operacional da Etihad Airways, que está iniciando operações regulares para o Aeroporto Internacional de São Paulo - Guarulhos. Ainda é o segundo aeroporto nos Emirados Árabes Unidos, sendo superado apenas pelo Aeroporto Internacional de Dubai, base da companhia compatriota Emirates Airlines, localizado a apenas uma hora e meia por autoestrada. A infraestrutura de Abu Dhabi combinada com a do aeroporto de Dubai e também de Doha, no país vizinho do Catar, somando a capacidade em número de aeronaves e voos oferecidos pelas três maiores companhias aéreas da região (Etihad, Emirates e Catar), em cinco anos, trarão movimento de passageiros e aeronaves superior ao total da capacidade oferecida pelos aeroportos de Paris - Charles de Gaulle, Heathrow, em Londres, e Frankfurt. E sem contar aqui as instalações dos terminais de passageiros e de carga aérea do novo Aeroporto Internacional Al Maktoum, na área do Dubai World Central. Em Abu Dhabi, a área para movimentação de carga aérea tem warehouse de 40.000 m² e pátio configurado para atender a até 11 Boeing 747 cargueiros simultaneamente.


ESTATÍSTICA (2012)
Passageiros 14.700.420
Aeronaves 121.638
Carga aérea 567.965 (t)

MÍNIMOS REDUZIDOS

O novo Midfield Terminal Complex (MTC), que contará com a participação de arquitetos ingleses, os mesmo responsáveis pelo projeto do terminal 5 no Aeroporto Internacional de Heathrow (Londres), estará localizado na área média, como o próprio nome sugere, entre as duas pistas paralelas do aeroporto: a 13R/31L e a 13L/31R. Os terminais 1 e 3 estão interligados e erguidos no setor oeste do campo, entre as cabeceiras 31L/13R. O terminal 2 está alinhado aos outros dois edifícios, porém, mais próximo à cabeceira 31L onde também está a área reservada para o atendimento da aviação geral e que, em março, sediou pela segunda vez a Abu Dhabi Air Expo, que contou com a participação de 160 expositores e 13.000 visitantes. No lado oposto, próximo à cabeceira 13R, está o pavilhão para atendimento dos voos presidenciais.

As duas pistas, ambas com 4.100 m de extensão, permitem pousos e decolagens simultâneos, e operam ILS CAT IIIb - Abu Dhabi é o primeiro no país a operar esta categoria de aproximação por instrumentos. Não há restrições operacionais e elevações significativas no entorno e a altitude mínima no setor (MSA) varia entre 550 m a 730 m (1.800 e 2.400 pés). Os pilotos devem ficar atentos a outros dois campos de aviação localizados bem perto do internacional: o de Bateen e, principalmente, a base aérea Al Dhafra, ao sul, que também opera duas pistas paralelas com a mesma designação de cabeceiras (em operação visual, pode levar o piloto ao erro de aterrissar em aeroporto errado). As operações de pousos e decolagens em Abu Dhabi são liberadas pelos controladores de voo do alto dos 110 m de uma moderna torre de controle, inaugurada em 2009.


Infraestrutura Midfield Terminal Complex MTC Emirados Árabes Unidos Abu Dhabi ILS CAT IIIb Dhafra

Artigo publicado nesta revista


Airbus, Nova Rival da Embraer

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 216,00
Assine Agora porR$ 172,80R$ 302,40R$ 56,70R$ 56,70
Desconto
EconomizaR$ 43,20R$ 129,60R$ 159,30R$ 159,30
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 57,60 6x R$ 50,40
Assinando agora você GANHA também CHAVEIRO PORTA COPOS
Airbus, Nova Rival da Embraer

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar

Receba o boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas