Depois de 20 anos

Textron releva novo avião turbo-hélice

Aeronave terá motor GE e aviônica Garmin 3000


A Textron Aviation finalizou os estudos para seu novo monoturboélice, que será apresentado provavelmente na EBACE (European Business Aviation Convention and Exhibition), principal feira de aviação executiva da Europa. O avião tem assinatura de engenheiros tanto da Cessna quanto da Beechcraft, marcas que pertencem ao grupo Textron. 

O modelo ingressa em um dos poucos segmentos em que o grupo Textron não atua, podendo competir diretamente com o Pilatus PC-12 ou mesmo com o TBM-900. Inicialmente, é previsto que o novo avião tenha velocidade de cruzeiro de 285 kt e 1.600 nm de alcance máximo.

O motor será um General Electric CT7-9, criando, assim, um novo fornecedor de motores turbo-hélice à Textron, que tem mantido a fidelidade na família Pratt & Whitney PT6. A expectativa é que seja adotada a suíte de aviônicos Garmin G3000, com funções touchscreen.

Esse será o primeiro turbo-hélice novo do fabricante em mais de duas décadas. A aeronave deverá ter piso plano e asa baixa, podendo ser rapidamente convertida para transporte de passageiros, VIP, missões especiais e carga.

Embora não seja confirmado, a previsão é que a certificação ocorra em meados de 2018. A marca do novo avião tanto pode ser Beechcraft, famosa por sua família de turbo-hélices King Air, quanto Textron. 

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 24 de Maio de 2016 às 13:00


Notícias Textron Cessna Beechcraft Raytheon