Por pouco

Sequestrador é preso durante um voo doméstico no Irã

Autoridades evitaram que avião com 67 pessoas a bordo fosse desviado para um país vizinho


Fokker 100 que poderia ter sido sequestrado voou por alguns anos no Brasil

Um sequestrador foi preso, em pleno voo, enquanto planejava tomar o controle de um avião no Irã. Agentes de segurança que estavam a bordo do voo da Iran Air controlaram o suspeito, enquanto a aeronave foi desviada para Isfahan.

O Fokker 100 voava entre Ahwaz e Mashad, com 67 pessoas a bordo, na tarde da última quinta-feira (4), quando os agentes de segurança perceberam a presença do sequestrador. Segundo as autoridades iranianas, o sequestrador pretendia desviar o avião para um país na região do Golfo, mas sem especificar qual.

O CAO (autoridade da aviação civil do Irã) agradeceu às forças de segurança da Guarda Revolucionária por impedir o sequestro da aeronave e prender o potencial sequestrador. Os agentes ainda afirmaram que o homem havia ameaçado estar portando uma bomba.

Saiba mais...

O avião envolvido no caso, de matrícula EP-CFM, está em operação na Iran Air desde fevereiro de 2007. Seu primeiro voo foi em abril de 1992 e voou no Brasil pela TAM, como PT-MQL, a partir de dezembro de 1998. Atualmente a Iran Air é uma das únicas empresas aéreas do mundo que ainda utiliza o modelo.

Por Marcel Cardoso

Publicado em 9 de Março de 2021 às 12:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação sequestro Fokker Fokker 100 F100 Iran Air TAM Irã