Sem escorregar

Segurança contra a ultrapassagem da pista se torna prioridade mundial

Durante quinze anos, este acontecimento foi o fator mais frequente para ocorrência de acidentes


Passar dos limites da pista é o tipo de acidente que mais acontece com aeronaves comerciais. Nos Estados Unidos, sair pelo “canto” da pista é conhecido como “excursões nas pistas”.

Durante quinze anos ou mais, as excursões foram o fator mais frequente para a ocorrência dos acidentes de aviação comercial no mundo.

A Boeing e a Airbus lutam para estabelecer seu pioneirismo na segurança deste tipo especifico de ocorrência.

Felizmente, as excursões nas pistas não resultam no maior número de vítimas, embora o “divórcio” com a pista, no final ou na lateral, causa cerca de um quinto de todos os acidentes aéreos no mundo que trazem danos substanciais às aeronaves.

Desde 2009, a Airbus tem feito o marketing de um sistema próprio, o Runway Overrun Prevention System (ROPS), que já se encontra em cerca de 430 aeronaves, que acessa, automaticamente, a velocidade, altitude, posição dos controles de voo, topografia da pista, ventos e outros parâmetros, oito vezes por segundo.

O objetivo é alertar os pilotos a tempo de, que provavelmente, eles não poderão parar dentro dos limites de segurança de determinada pista e, automaticamente, exercer a máxima pressão nos freios, quando necessário. A Boeing “aceita uma solução internacional”, mas a regulamentação decorrente não deve exigir "esta ou aquela tecnologia”, 

Por Ernesto Klotzel

Publicado em 13 de Julho de 2016 às 11:00


Notícias