Futuro elétrico

Rússia prepara testes em voo de avião híbrido-elétrico

Usando a plataforma básica do YAK-40 o projeto pretende comprovar a capacidade de novas tecnologias


YAK-40 hibrido-elétrico

Avião recebeu novos motores, em uma configuração hibrida jato e turbo-hélice

Um consórcio de empresas e agências científicas apoiadas pelo governo russo estão preparando um projeto de motores com propulsão híbrido-elétrica, usando com plataforma base no pequeno Yakovlev Yak-40.

O Yak-40 foi modificado para o projeto, com seus motores Ivchenko-Progress AI-25 sendo substituídos por os dois motores TFE731-5BR da Honeywell e um turbo-hélice Klimov TV2-117, que terá a função adicional de gerador elétrico.

O projeto contou com a colaboração da empresa SuperOx, responsável por disponibilizar o motor elétrico e a bateria utilizada para a decolagem. A Universidade Estatal Técnica de Aviação é a responsável por fornecer o gerador para a alimentação e carregamento dos das baterias.

A combinação dos geradores elétricos proporciona até 680 cavalos (entre 400 e 500 kW) de potência por tonelada a 2.500 rpm e 800 volts. De acordo com a SuperOx são parâmetros mais altos atingidos desde o início do projeto iniciado em dezembro de 2016. A SuperOx também trabalha em um projeto paralelo de propulsão híbrida para o Ilyushin Il-114.

O desenvolvimento da tecnologia, ainda que embrionária, é um importante passo para a indústria aeroespacial russa poder disputar o promissor mercado de motores aeronáuticos

O Yak-40 deverá ser apresentado ao público pela primeira vez em Moscou, durante o show aéreo MAKS 2021, com a conclusão dos voos de ensaios previstas para o ano que vem.

Por Gabriel Benevides

Publicado em 28 de Abril de 2021 às 15:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação YAK-40 avião elétrico Rússia MAKS