Indústria

Rostec divulga resultados de 2014

Mesmo sob sanções internacionais conglomerado russo obtém crescimento


O conglomerado estatal russo Rostec que desenvolve e exporta produtos industriais de alta tecnologia para o uso civil e militar, apresentou os resultados financeiros relativos a 2014.

Mesmo com a Rússia sofrendo alguns embargos internacionais, o conglomerado conseguiu conservar em níveis elevados os principais indicadores econômicos, registrando crescimento de 0,7% na receita consolidada do ano passado, em relação a 2013. O avanço é superior a expansão de 0,6% alcançada pela economia da Rússia em igual período de comparação.

Ainda em 2014, o volume total do programa de investimentos da Rostec aumentou para US$ 1,65 bilhão. O volume de contratação pública entre as empresas que integram a Rostec e atendem ao setor de Defesa cresceu mais de 60%, enquanto houve avanço na proporção das receitas geradas pelas empresas que atendem ao setor civil.

“Apesar da pressão externa gerada pelas sanções, a corporação foi capaz de reforçar as relações comerciais com seus principais parceiros do Ocidente, provando – mais uma vez – que os negócios estão fora da esfera política”, afirma Serguey Chémezov, CEO da Rostec.

Entre os principais clientes da Rostec estão as industrias aeronáuticas ocidentais. A VSMPO-AVISMA e Boeing prorrogaram até o ano 2022 o contrato de fornecimento de titânio, ao mesmo tempo em que se iniciou a produção de instalações de turbinas a gás na fábrica conjunta com General Electric.

Da redação

Publicado em 31 de Julho de 2015 às 15:00


Notícias Rostec Boeing GE Rússia