Aviação Militar

Rafale custará o dobro na Índia

Governo indiano assiste escalada nos custos


Segundo o governo indiano, o negócio para aquisição de 126 Dassault Rafale enfrenta uma escalada surpreendente nos custos. O programa indiano MMRCA teve, em 2012, o consórcio Rafale como vencedor, com uma proposta orçada em US$ 18 bilhões. Porém, 24 meses depois a Índia viu o valor do negócio subir impressionantes 100%.

Ao ser declarado vencedor, o Rafale tinha um custo unitário entre US$ 60 e 65 milhões, mas de acordo com os principais jornais indianos o valor atual negociado pela Dassault ultrapassa os US$ 120 milhões. Com isso, o Ministério da Defesa da Índia não tem certeza se assinará o contrato, já que o custo de aquisição facilmente ultrapassará os US$ 30 milhões.

A Índia se mostra receosa em firmar um contrato onde apenas na fase de negociações o valor do projeto atingiu um valor muito acima do esperado, especialmente se considerado que, em 2007, quando o programa foi lançado, a estimativa era um gasto na ordem de US$ 12 bilhões. 

Da redação

Publicado em 29 de Janeiro de 2014 às 16:47


Notícias MMRCA 126 Dassault Rafale