Ex-experimental

Epic entrega os primeiros E1000 certificados

Aeronave de carbono recebeu certificado de tipo do FAA e inaugura nova era no segmento de mono turbo-hélices


A Epic Aircraft confirmou a entrega dos dois primeiros turbo-hélices E1000, certificados pela FAA, agência de aviação civil dos Estados Unidos. O modelo nascido experimental passou por um amplo e complexo processo de homologação, recebendo os certificados de tipo no ano passado.

A primeira aeronave foi entregue em fevereiro, está sendo alugada à Epic para apoiar vários projetos de engenharia prioritários. A segunda aeronave foi entregue ao proprietário na semana passada, depois de vários atrasos relacionados à pandemia da Covid-19.

LEIA TAMBÉM

“Concluir essas entregas é um marco para nossa empresa e nossos clientes. É o apogeu de um bem-sucedido trabalho duro de oito anos, investimentos extensos e uma crença apaixonada em nosso produto”, disse Doug King, CEO da Epic.

Equipado com um motor Pratt & Whitney PT6A-67A de 1200 shp, o E1000 tem sua estrutura toda produzida em fibra de carbono e com velocidade de cruzeiro de 317 nós, com razão de subida de até 4.000 pés por minuto. O modelo oferece payload de 1.100 libras, considerando os tanques completamente abastecidos, com alcance de 1.560 nm, com teto de serviço de 34.000 pés. Outro destaque é possuir certificação RVSM e contar com a suíte de aviônicos Garmin 100 NXi.

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 28 de Maio de 2020 às 13:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião turbo-hélice E1000 Epic FAA covid-19 Pratt & Whitney aviação experimental