Nova realdiade

Latam suspende pagamento de dividendos e replaneja frota

Após iniciar processo de reorganização voluntária empresa fica impedida de distribuir lucros de 2019


A Latam poderá devolver a totalidade da frota de Airbus A350 em uso atualmente

Após entrar com pedido de reorganização voluntária sob o Capítulo 11 nos Estados Unidos, a Latam Airlines Group S.A. informou à Comissão do Mercado Financeiro (CMF) no Chile que não distribuirá dividendos a seus acionistas correspondentes ao exercício de 2019, que estavam previstos para pagamento em 28 de maio de 2020.

O motivo é referente as regras do Chapter 11, que impedem os ingressos na lei de distribuir dividendos a seus acionistas enquanto se concentra na renegociação de seus passivos, que permite a continuidade de suas operações e viabilidade futura.

LEIA TAMBÉM

A Latam também negocia a devolução de parte das aeronaves da frota, incluindo parte da frota de Airbus A350 e alguns aviões da família A320, podendo totalizar vinte aeronaves. Em petição apresentada à Justiça americana a empresa sul-americana solicitou romper o contrato para alguns aviões, sob alegação de elevado custo com manutenção, seguro ou armazenamento.

A situação é diferente da apresentada recentemente pela OceanAir (Avianca Brasil), que os proprietários desejavam retomar as aeronaves, enquanto no caso da Latam a empresa busca devolver os aviões. Parte das aeronaves que a companhia negocia devolver fazem parte de uma parcela de financiamento vencida no último dia 15 e que não foi honrada. Usualmente os proprietários buscam uma renegociação em casos similares, mas a Latam optou por devolver os aviões e readequar a frota a demanda projetada para os próximos meses.

Durante o acordo com a Delta Air Lines, a Latam já havia celebrado a transferência de parte dos pedidos de A350-900 para a empresa norte-americana. O modelo ainda que considerado o mais moderno da frota enfrenta o elevado custo de financiamento, o que se tornou pouco atraente no cenário brasileiro pré-pandemia e insustentável no momento atual.

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 27 de Maio de 2020 às 15:32


Notícias notícia de aviação aeronave avião Airbus A320 A350 Latam