Primeiro voo

Primeiro voo do 777-9 ocorrerá na próxima quinta-feira (23)

Fabricante confirma data do voo do maior avião comercial bimotor do mundo


Primeiro voo do 777X deveria ter ocorrido em meados do segundo semestre de 2019, mas foi reagendado por questões técnicas

A Boeing confirmou que o primeiro voo do 777-9, o mais novo membro da família Triple Seven, realizará seu primeiro voo no próximo dia 23 (quinta-feira), decolando de Seattle, nos Estados Unidos.

O avião deverá ser o maior bimotor do mundo, contando com asas dobráveis de 71,7 metros de envergadura, que permitem o avião voar com máxima eficiência, especialmente em voos ultralongos. O avião novo 777X é propulsado pelos motres GE 9X, os maiores motores da indústria aeronáutica, contando com diâmetro do fan de 3,4 metros, basicamente a mesma largura da seção transversal dianteira da fuselagem do Boeing 737. Cada motor GE9X oferece empuxo de 105.00 lbf, mais que o dobro da existente nos motores CF6-50 instalado no Boeing 747-400, que possui 51.000 lbf, cada. Todavia, o motor é ligeiramente menos potente que os atuais GE90-115B, utilizados no 777-300ER, que fornecem 115.00 lbf, cada. A redução na potência se deve ao novo design do núcleo do motor, somado as melhorias aerodinâmicas aplicadas nas pás do fan, compressor e turbina.

Fuselagem do 737, o mesmo avião da ponte aérea, tem um diâmetro menor que do motor do 777-9

LEIA TAMBÉM

Asas são maiores que a largura de um estádio de futebol da Fifa

Uma das inovações do 777-9 são suas asas dobráveis, que permite reduzir a envergadura em operações no solo, que passa de 71,7 m para 64,8 m. O objetivo é manter o 777-9 dentro das autuais regras para uso em aeroportos código E, ou seja, com limite de envergadura de 64,99 metros.

Em meados de outubro de 2019 a Boeing havia anunciado um novo cronograma para o início da campanha de ensaios em voo do 777-9, mantendo desde então a data prevista para janeiro. A estreia do avião no ar coincide com o vazamento de mensagens internas de funcionário da Boeing que questionam os processos empregados no desenvolvimento da família 777X.

ASSINE AERO MAGAZINE COM ATÉ 76% DE DESCONTO

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 21 de Janeiro de 2020 às 15:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião 777 777X Boeing 777-9 737NG primeiro voo GE Aviation GE90 GE9X Seattle