Infraestrutura

Perdão de dívida em troca de espaço

Governo abre mão de R$ 23 milhões para remover aviões abandonados


O governo decide abrir mão de R$ 23 milhões em dívidas para se ver livre de mais de 150 aviões abandonados em diversos aeroportos espalhados pelo país. O montante foi acumulado durante os anos em que as aeronaves ficaram paradas sem pagar estacionamento e outras taxas que as empresas aéreas têm com a Infraero. Terá ainda de desembolsar cerca de R$ 2 milhões para desmontar 65 aviões de grande porte, pertencentes às falidas Vasp, Varig e Transbrasil. O débito dessas empresas com a Infraero, no entanto, é bem maior, assim como as dívidas trabalhistas. No começo de fevereiro, a Justiça deverá fazer novo leilão de objetos da massa falida da Vasp, incluindo um Boeing 737. O dinheiro arrecadado será destinado aos processos trabalhistas.

Da Redação

Publicado em 19 de Janeiro de 2012 às 14:02


Notícias