Adeus ao Gigante

Pandemia leva mais uma empresa à aposentar o A380 [com vídeo]

Hi Fly se despediu do seu gigante com voo especial sobre Portugal


Hi Fly encerrou seus voos com o A380

Pintura especial do A380 da Hi Fly destacava importância de preservar recifes de corais

A Hi Fly realizou o último voo com seu Airbus A380, encerrando prematuramente a carreira do Super Jumbo que voou por menos de três anos pela empresa. Ostentando uma pintura especial que chamava atenção para a preservação dos recifes de corais, o gigante da Airbus realizou sua despedida voando entre Beja, em Portugal, e Toulouse, na França.

Responsável por organizar voos fretados, a portuguesa Hi Fly realizou ajustes pontuais para tentar manter o icônico quadrijato na sua frota, inclusive sendo o primeiro A380 a ser convertido para transporte de cargas. O interior teve os assentos removidos, o que permitiu transportar 68 toneladas de carga útil no piso principal.

A alteração no layout de cabine visou atender à alta demanda durante a crise do covid-19. Porém, todas essas medidas não foram suficientes para manter o A380 na frota, visto a drástica redução das viagens aéreas nos últimos meses em decorrência da pandemia global.

A companhia Hi Fly pertenceu ao exclusivo grupo de 15 companhias aéreas operaram o A380, sendo a quarta companhia europeia e a 14ª no mundo. Ainda que com uma vida operacional curta, a empresa voou com o Super Jumbo para 53 aeroportos, em 33 países e quatro continentes.

Com o último voo partindo do aeroporto português de Beja, único no país certificado para operações regulares do A380, o avião realizou uma passagem aérea sobrevoando Lisboa e também sobre o Algarve, desenhando ainda nos céus de Portugal um coração para celebrar o encerramento do seu ciclo na companhia.

Curiosidades do Save the Coral Reefs

Fatos mais notáveis:

  • Se tornou o primeiro A380 a conectar Londres a Nova York
  • Operou o mais longo voo doméstico sem escalas do mundo, de St. Denis para Paris.
  • Foi o primeiro a pousar em Wuhan, China, após o surto de coronavírus.
  • Concluiu uma missão humanitária de volta do mundo que durou quatro dias, com início e fim em Beja, Portugal. Percorreu 31.047 km em 33 horas e 45 minutos, com escalas em Tianjin, na China e Santo Domingo, na República Dominicana.

Foi o primeiro A380 a pousar em:

  • Beja (23/07/2018)
  • Oslo (2/08/2018)
  •  Reunion (25/08/2018)
  • Diass (14/04/2019)
  •  Antananarivo (30/06/2019)
  •  Cairo (7/07/2019)
  • Caracas (14/07/2019)
  • Buenos Aires (23/07/2019)
  • Dalaman (23/09/2019)
  • Enfidha (24/09/2019)
  • Las Palmas (27/09/2019)
  • Santo Domingo (16/05/2020)

Por Gabriel Benevides

Publicado em 18 de Dezembro de 2020 às 16:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião Airbus A380 Hi Fly Paris Toulouse Portugal pandemia covid-19 cargueiro