Nasce uma aeronave

Embraer apresenta seu novo avião

Embraer 190-E2 é o mais avançado jato civil produzido no Brasil


A Embraer apresentou o E190-E2, o primeiro membro da segunda geração da família E-Jet, batizada E2. O primeiro voo está programado para o segundo semestre de 2016, com entrada em serviço prevista para 2018.

Com investimento de US$ 1,7 bilhão, o programa E2 foi lançado em junho de 2013 como uma versão modernizada dos atuais E-Jets, contanto com melhorias aerodinâmicas, incluindo novas asas, assim como os motores Pure Power, da Pratt & Whitney. Os motores de última geração possuem alto desempenho que, em conjunto com novas asas, controles de voo totalmente fly-by-wire e avanços em outros sistemas, resultarão em melhoras significativas no consumo de combustível, custos de manutenção, emissões de poluentes e ruído externo.

Desde o lançamento, a família E2 alcançou 640 pedidos, sendo 267 firmes e 373 opções e direitos de compra. Entre seus clientes estão companhias aéreas e empresas de leasing. Atualmente, a família de E-Jets opera com cerca de 70 clientes em 50 países, sendo líder global no segmento até 130 assentos, com mais de 50% de participação de mercado.

A Embraer terá durante a campanha de certificação quatro E190-E2, enquanto outros dois aviões estarão envolvidos na campanha do E195-E2 e três na do modelo E175-E2, cujas entradas em serviço estão programadas, respectivamente, para 2019 e 2020.

O E190-E2 terá o mesmo número de assentos do atual E190, podendo ser configurado com 97 lugares em duas classes de serviço, ou 106 em classe única. Além disso, haverá aumento significativo de 800 km no alcance com capacidade cobrir distâncias de mais de 5.000 km.

A cerimônia foi realizada em unidade da Empresa em São José dos Campos, teve cobertura em tempo real pela AERO Magazine, através de sua página no facebook

Da redação

Publicado em 26 de Fevereiro de 2016 às 07:00


Notícias E-Jet E2 Embraer E190-E2