Especial

Monojato da Cirrus recebe certificação do FAA

SF50 Vision é o primeiro avião civil a jato equipado com apenas um motor


Acontece na NBAA 2016 by

A Cirrus anunciou hoje, na NBAA-Bace 2016 (Business Aviation Convention & Exhibition of the National Business Aviation Association), que recebeu na última sexta-feira (28), o certificado de tipo do FAA (Federal Aviation Administration) para o SF50 Vision, o primeiro monojato pessoal do mundo. Anunciado no final de 2007, o pequeno avião se propunha a desbravar um mercado inédito entre os então recém lançados VLJ (Very Light Jets) e os turbo-hélices leves, oferecendo maior velocidade com um custo mais baixo.

No entanto, a crise econômica de 2008, aliada aos desafios inesperados no programa, atrasou o projeto em uma década. Uma série de mudanças foram realizadas ao longo dos anos. Atualmente, a Cirrus possui dez aeronaves de série na linha de produção na unidade de Duluth, no estado norte-americano de Minnesota. De acordo com a fabricante, já há aproximadamente 600 encomendas firmes para o SF50.

O SF50 é impulsionado por um motor Williams International FJ33-5A , com duplo FADEC, que oferece 1.840 lbf. O pequeno avião possui capacidade para até sete passageiros, com velocidade máxima de cruzeiro de 300 nós, teto de 28.000 pés e alcance máximo de 1.250 nm. Outra novidade dentro da linha Cirrus é adoção da suíte Garmin 3000 com funções sensíveis ao toque, baseado na arquitetura Cirrus Perspective já empregada na série SR, de monomotores a pistão.

Da redação

Publicado em 31 de Outubro de 2016 às 14:20


Notícias Cirrus SF50 Vision NBAA