Guerra conta o COVID-19

JetSmart adota novos procedimentos de embarque

Uso de máscaras se torna obrigatório em toda a viagem e empresa passou a empregar novo processo de higienização a bordo


 

JetSmart prepara retomada das operações e adota protocolos sanitários mais rígidos 

A companhia chilena de baixo custo JetSmart criou uma série de novos protocolos para atender a retomada dos voos após o pico da pandemia da Covid-19. O objetivo é voltar a operar novos destinos, mantendo um elevado nível de segurança em todas as fases da viagem.

A empresa apresentou medidas que deverão ser tomadas antes do voo, incluindo a declaração dos passageiros no momento do check-in online de que não estão infectados pelo novo coronavírus e que não tiveram contato com pessoas infectadas.

LEIA TAMBÉM

Caso apresente sintomas da doença ou suspeitar que possa ter contraído o vírus, a empresa oferecerá sem custos a troca do bilhete ou um gift card equivalente ao valor da compra. A JetSmart alerta que o comprometimento e a responsabilidade do passageiro são fundamentais nesse processo, visto que é auto declaratório seu estado de saúde.

Temperatura passará a ser medida em todos os passageiros antes do embarque

O procedimento de embarque inclui a obrigatoriedade do uso de máscaras e a verificação da temperatura antes do embarque na aeronave. A empresa destaca que  durante o check-in do aeroporto haverá agora um separador plástico no balcão, para que os passageiros tenham o menor contato possível com a pessoa que está realizando o atendimento, além de não haver mais nenhum tipo de contato físico durante a verificação de passagens e identidade, com o passageiro escaneando o próprio cartão de embarque.

Durante o voo os comissários deverão manter o uso máscaras, lentes de segurança e luvas para evitar todo tipo de contato. A empresa destaca que as máscaras usadas pela tripulação possuem cobre antimicrobiano, o que aumenta seu efeito preventivo.

Novo spray permite eliminar até 99,9% dos vírus e bactérias nas superfícies

Uma inovação no setor na América do Sul está sendo a implementação de um E-Menu, que permitirá que o passageiro acesse o menu a partir do seu smartphone, eliminando o uso do menu físico. Além disso, em parceria com a Cruz Vermelha estão sendo fornecidas informações para prevenir o contágio do vírus e conter emocionalmente passageiros e tripulantes.

Após o pouso um novo procedimento de higienização está sendo realizado com uso de um spray, que permite eliminar até 99,9% dos vírus e bactérias nas superfícies. Porém, o processo ampliou o tempo de permanência da aeronave em solo, alterando horários de decolagens.

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 27 de Maio de 2020 às 18:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião Airbus A320neo JetSmart covid-19 coronavirus