Jato 4x4

Jato suíço é certificado para pousar em pistas de terra e grama

Pilatus obtém certificação complementar para o PC-24 que se torna apto a uma ampla gama de pistas ao redor do mundo


PC-24 é o único avião de negócios a jato projetado visando operar em pistas não preparadas

A Pilatus obteve a certificação para operar com o PC-24 em pistas não preparadas, permitindo assim que o avião decole e pouse em pistas de grama, terra molhada, areia seca, cascalho ou neve.

O PC-24 é o primeiro avião a jato da aviação de negócios projetado e certificado para operar sem restrições em pistas não pavimentadas. A capacidade praticamente dobra o número de pistas no mundo aptas a receber a aeronave. A aprovação para operações em areia seca e cascalho foi obtida em 2018 e o acréscimo de pistas de terra molhada ou cobertas de neve foi resultado de uma campanha de testes de pós-certificação realizada no ano passado.

LEIA TAMBÉM

“Estou muito satisfeito em observar a conclusão bem-sucedida dos testes. O PC-24 provou que é capaz de voar em toda a gama de missões para as quais foi desenvolvido”, comemorou Oscar J. Schwenk, presidente da Pilatus.

A EASA, a agência europeia para a segurança da aviação, exigiu que os testes para a certificação fossem realizados em diferentes pistas, levando a condução dos ensaios em aeroportos da América e Europa.

Os ensaios em grama seca ocorreram na pista de Goodwood, Inglaterra, com testes adicionais em pistas de grama realizados em Kunovice, na República Tcheca, em Poitiers, na França, e em Duxford, Inglaterra. Os ensaios em terra úmida ocorreram em Woodbridge, Inglaterra, enquanto testes em pistas de cascalho coberto de neve foram realizados em Kuujjuaq, no Canadá.

ASSINE AERO MAGAZINE COM ATÉ 76% DE DESCONTO

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 10 de Fevereiro de 2020 às 07:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião Pilatus PC-24 Inglaterra Goodwood jatinho aviação de negócios