Aviação Comercial

JAL formaliza pedido para MRJ

Contrato consolida modelo que acumula atualmente 407 pedidos


A Mitsubishi Aircraft e a Japan Airlines (JAL) assinaram um contrato firme para 32 MRJ, que serão operados pela J-AIR, a divisão regional da JAL.

A formalização do contrato acontece cinco meses após ter sido assinada uma carta de intenções (LoI – na sigla em inglês) entre ambas as empresas. O contrato prevê ainda outras 32 opções, não especificando qual modelo, podendo ser o MRJ70 e/ou MRJ90.
A previsão é que a J-AIR comece a receber os primeiros aviões no início de 2021. A companhia não informou se utilizará os MRJ como substitutos dos atuais Embraer 170 ou como complemento da frota.

A previsão da Mitsubishi Aircraft é iniciar ainda esse ano a campanha de ensaios em voo, com a certificação sendo prevista para o final de 2016 e as entregas começando no ano seguinte.

“Como uma empresa que também opera jatos regionais, vamos contribuir para o nascimento do primeiro jato de passageiros do Japão” disse Yoshiharu Ueki, presidente da Japan Airlines.

O pedido da JAL é simbólico ao incluir as duas principais empresas aéreas japonesas (A All Nippon Airways foi cliente lançador) como clientes.

Atualmente o MRJ possui 223 pedidos firmes, 160 opções de compra e 24 direitos de compra. Com um total de 407 aviões, de ambos os modelos, o MRJ passa a se tornar uma realidade após diversos anos de dúvidas sobre seu futuro.

Da redação

Publicado em 29 de Janeiro de 2015 às 16:00


Notícias MRJ90 MHI Mitsubishi Heavy Industries Mitsubishi Japão JAL Japan Airlines J-Air