Localização estratégica versus poucas posições de estacionamento

Infraero suspende licitação de área no Campo de Marte

Adiamento foi necessário para que as empresas interessadas tenham mais tempo para avaliar o projeto e apresentar suas propostas


A Infraero adiou a licitação de concessão de área para um terminal de cargas no Aeroporto Campo de Marte (SP), marcada para esta terça-feira. De acordo com a estatal, o adiamento foi necessário para que as empresas interessadas tenham mais tempo para avaliar o projeto e apresentar suas propostas.

A permissão prevê a exploração comercial do complexo e operação das atividades de armazenagem e movimentação de cargas por 10 anos, com lance mínimo mensal de R$ 60 mil e preço básico inicial de R$ 100 mil.

A área dispõe de 4.384 m², conta com um pátio de estacionamento de aeronaves com 22 posições, dedicadas a aeronaves de pequeno porte, como o Cessna Caravan, que possui três posições de estacionamento. As demais 19 posições são limitadas às aeronaves de menor porte, como Cessna 172. Com o adiamento do processo, a Infraero poderá ser revisar o mapa das posições de estacionamento, podendo atender um maior número de aviões como o Caravan.

A iniciativa de repassar a iniciativa privada a operação do terminal faz parte do novo posicionamento estratégico da estatal, que prevê a exploração comercial de áreas situadas em alguns de seus aeroportos para o segmento logístico.

Por se tratar de uma concessão sem obrigatoriedade de investimentos, o vencedor deverá arcar com eventuais adequações estruturais e futuras ampliações mediante autorização da Infraero. A empresa ganhadora também terá liberdade de escolher produtos e serviços mais aderentes à sua realidade mercadológica, sem uma predefinição ou enquadramento prévio da estatal.

Caso necessário, o concessionário poderá solicitar à Receita Federal o alfandegamento da área para operação de cargas internacionais, atendendo aos requisitos legais exigidos e respeitando a capacidade operacional e segurança da aviação.

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 17 de Abril de 2018 às 15:00


Notícias Campo de Marte Cessna Caravan C172