Problemas tem se intensificado ao redor do mundo

IndiGo enfrenta problemas com motores Pure Power

Nova geração de motores foi trocada 69 vezes em 18 meses


A IndiGo, maior empresa aérea da Índia, continua tendo graves problemas com os motores Pratt & Whitney Pure Power, que equipam sua frota de A320neo. A frota de atuais 32 aviões da família A320neo  realizou entre maio de 2016 e novembro de 2017, foram realizadas 69 trocas de motor, um recorde histórico na empresa e no próprio setor aéreo. Em geral, uma frota com 100 aeronaves realiza 40 substituições ao longo de um ano.

No entanto, estes tem sido o menor dos problemas da IndiGo, que ao longo dos últimos 18 meses experimentou três ocasiões em que um motor precisou ser cortado em voo. Algo que se tornou rotineiro entre os operadores do A320neo equipados com o novo motor da Pratt & Whitney.

Recentemente a agencia de segurança aeronáutica da Europa, a EASA, emitiu uma Diretiva de Aeronavegabilidade de Emergência para os motores PW1127, PW1130 e PW1133, empregados nos A320neo e A321neo [Leia mais] que restringe o uso dos aviões em uma série de operações.

Por Ernesto Klotzel

Publicado em 19 de Fevereiro de 2018 às 15:00


Notícias Airbus A320neo A321neo Pratt & Whitney