Aviação Executiva

HondaJet decola para primeiro grande tour

Viagem percorrerá mais de 48 mil km passando por 13 países


A Honda Motor anunciou, em coletiva de imprensa realizada no Aeroporto Internacional de Tóquio (Haneda Airport), o início da primeira viagem intercontinental do HondaJet.

O avião percorrerá mais de 48 mil quilômetros pousando em 13 países entre Japão e Europa para demonstrações de voo. O HondaJet vem sendo desenvolvido desde a década passada, sendo produzido pela Honda Aircraft Company, a divisão aeronáutica do conglomerado japonês.

Para o presidente e CEO da Honda Motor, Takanobu Ito, o HondaJet representa a realização de um sonho do fundador da empresa, o Sr. Soichiro Honda “A Honda assumiu desafios para desenvolver o motor e a fuselagem por conta própria. Queremos continuar assumindo desafios arrojados para novas tecnologias nas áreas de motocicletas, automóveis, produtos de força, robótica, hidrogênio e aeronaves”, ressaltou. “O slogan corporativo da Honda ‘The Power of Dreams’ ilustra nosso objetivo em oferecer o prazer e a liberdade de mobilidade a uma sociedade sustentável, na qual as pessoas possam desfrutar a vida no céu também”

O HondaJet teve seu projeto iniciado no final da década de 1990, tendo voado pela primeira vez em 2003. Embora fosse um potencial competidor na categoria Very Light Jet, o modelo sofreu diversos contratempos, muitos relacionados a questões tecnológicas. Ainda assim, possui diversas inovações que torna um dos aviões mais rápidos e econômicos da categoria. Um dos destaques do projeto é o posicionamento dos motores na parte superior das asas, o que proporciona alguns ganhos aerodinâmicos. A HondaJet mantém a expectativa no projeto, que terá como potenciais rivais do Cessna Citation M2, Eclipse 550, Embraer Phenom 100 e Phenom 300.

Por ora, a HondaJet não confirma os planos para o Brasil.

 

Da redação

Publicado em 23 de Abril de 2015 às 16:00


Notícias HondaJet Embraer Cessna Eclipse Citation M2 Phenom 100 Phenom 300