Aviação comercial

Gol poderá demitir 2,5 mil funcionários

Empresa teve prejuízo de R$ 41,4 mi no 1º trimestre


A Gol Linhas Aéreas planeja cortar 2.500 funcionários até o fim deste ano. A informação foi divulgada pela agência Bloomberg, e cita como fonte o vice-presidente financeiro da companhia, Leonardo Pereira, que participou ontem (25/6) de um evento na Bolsa de Valores de Nova York. O número é duas vezes maior do que o anunciado no ano passado. Este ano, cerca de 800 funcionários já foram demitidos. Segundo Pereira, o objetivo da redução é restaurar a lucratividade da empresa, que teve prejuízo de R$ 41,4 milhões no primeiro trimestre - no mesmo período em 2011, foi registrado lucro de R$ 69,4 milhões. Porém, em 2011, a Gol registrou o segundo maior prejuízo líquido de sua história, de R$ 751 milhões. No próximo dia 29, Constantino de Oliveira Jr. deixará a presidência da companhia. Ele será substituído por Paulo Sérgio Kakinoff, ex-presidente da Audi Brasil. Constantino Jr. deverá continuar no conselho administrativo da Gol.
Rodrigo Cozzato
Gol amargou prejuízo de R$ 41,4 mi no 1º trimestre de 2012
Da Redação

Publicado em 26 de Junho de 2012 às 07:59


Notícias

Artigo publicado nesta revista

Titulo

AERO Magazine 217 · Junho/2012 · Titulo