Aviação de Negócios

Quanto custa o táxi-aéreo para o GP Brasil de F1?

Usuários poderão fretar helicópteros para ir até Interlagos a preços a partir de R$ 2.000


Os apaixonados pela Fórmula 1 podem contar com a opção de transporte aéreo de helicópteros para o Autódromo de Interlagos, para o Grande Prêmio do Brasil, entre os dias 13 e 15 de novembro.

A partir deste ano a Global Aviation e a Uniground passam a administrar com exclusividade as operações de helicópteros para o autódromo, que contemplam serviços de fretamento, pouso, decolagem e estadia de helicópteros particulares dentro do autódromo. Os valores podem chegar a R$ 10.000 no dia do Grande Prêmio.

Uma das novidades este ano é que as empresas, juntamente com a Airshuttle, desenvolveram um aplicativo específico para o evento, que permite realizar a reserva e consultar disponibilidades. O voo deve durar cerca de oito minutos e o cliente pode agendar um dos locais de saída e o horário de ida. Na volta o atendimento será por ordem de chegada e haverá um lounge para os clientes aguardarem.

Entre as vantagens do fretamento do helicóptero está a praticidade de ingressar no autódromo sem filas e a rapidez no deslocamento para os principais pontos da capital. A Global ofercerá voos a partir do Aeroporto de Congonhas, Aeroporto Campo de Marte, Hotel Blue Tree Faria Lima, WTC, Hotel Maksoud Plaza e Helicenter Alphaville.

Custo por passageiro por dia (ida e volta): R$ 2.000

Taxas de pouso, decolagem e estadia de helicópteros privados (custos por dia e por helicóptero):

13/11: R$ 4.000

14/11:  R$ 6.000

15/11: R$ 10.000

Da redação

Publicado em 3 de Novembro de 2015 às 12:00


Notícias Global Aviation Uniground Airshuttle