A380 terá ao todo 15 operadores

Empresa aérea japonesa se torna última cliente a receber o A380

ANA terá três aviões na frota que voaram prioritariamente para o Japão


A japonesa All Nippon Airways (ANA) se tornou oficialmente a última empresa aérea a se tornar operador do A380, que será descontinuado a partir de 2021.

A ANA recebeu o primeiro, de três, A380 em uma cerimônia especial em Toulouse, se tornando assim a décima quinta e última empresa a receber o super jumbo. Ainda assim, o pedido da empresa é para apenas três aeronaves, que receberam um esquema de pintura especial, em homenagem a vida marinha do Havaí. Os três aviões serão utilizados prioritariamente nos voos para o arquipélago norte-americano, que possui grande fluxo de turistas japoneses.

Os aviões foram configurados com 520 assentos, em cinco classes. Sendo oito suítes de primeira classe, 56 assentos executivos, que podem ser reclinados em 180°, outros 73 assentos da premium economy, além dos 383 lugares em classe econômica, sendo 60 lugares couch, com maior espaço.

Com a entrega do primeiro A380 da ANA, o modelo passa a contar com 232 aeronaves em serviço, que operam em 120 destinos ao redor do globo. A Emirates Airline continua sendo a principal usuária do gigante europeu, voando para seus principais destinos, a partir de Dubai.

Por: Edmundo Ubiratan | Imagem: Divulgação

Publicado em 22 de Março de 2019 às 14:00


Notícias Airbus A380 All Nippon Airways Havaí Emirates Dubai