Pesadelos em Seattle

Emirates poderá adiar ou alterar entregas do Boeing 777X

Companhia avalia mudança no pedido que poderá ser convertido para o 787


A Emirates Airline poderá alterar seu pedido para os novos 777X, incluindo mudança na encomenda e adiamento no cronograma de entregas. De acordo com o norte-americano Seattle Times, a Emirates estuda converter parte do pedido do 777X para o 787, mantendo o mesmo número de aeronaves encomendadas, modificando apenas o modelo e o valor final do contrato.

Atualmente a Emirates possui 150 encomendas para a família 777X, o que representa quase a metade dos 344 aviões do modelo encomendados até o momento, mas poderá optar pelo 787, de menor capacidade, mas que atenderia grande parte das rotas da empresa ao redor do mundo.

LEIA TAMBÉM

Por vários anos a Emirates optou por manter a frota centrada nos Airbus A380 e Boeing 777, apostando em rotas de alta densidade e de longa distância, mas estuda rever a estratégia nos próximos anos. A empresa árabe passou a voar destinos regionais no Oriente Médio e na África, o que permite a utilização de aeronaves de menor capacidade, como os Airbus A330neo e Boeing 787, que fazem parte de um pedido já realizado pela Emirates.

ETIHAD PODE CANCELAR 25 ENCOMENDAS

A Etihad Airways também estuda cancelar seu pedido para 25 novos 777X, o que poderá representar um forte impacto no programa da Boeing. A empresa de Abu Dhabi vem enfrentando uma série de problemas administrativos e busca uma redução dos custos, incluído a reavaliação de uma série de pedidos em carteira.

ASSINE AERO MAGAZINE COM DESCONTO

Por Edmundo Ubiratan | Imagens: Divulgação

Publicado em 30 de Julho de 2019 às 13:00


Notícias Boeing AIrbus A380 777X 787 A330neo Etihad Emirates