Embraer divulga normas para o transporte de vacinas da covid-19

Documentação técnica permite o correto armazenamento e transporte do imunizante


Família de jatos executivos da Embraer

Embraer divulgou material técnicos para permitir o transporte de vacinas da covid-19 a bordo de seus jatos de negócios

A Embraer disponibilizou informações para auxiliar a adaptação de jatos de negócios para o transporte de vacinas da covid-19. A intenção é atender a crescente demanda pelo transporte do imunizante, que tem empregado diversos tipos aeronaves.

O fabricante brasileiro realizou uma série de ensaios técnicos para definir as características e requisitos de carga em relação às especificações para o transporte de vacinas, de acordo com as características de cada aeronave. Um dos desafios para o transporte de vacinas é manter as baixas  temperaturas exigidas pelo medicamento, que normalmente é obtido com gelo seco.

De acordo com a Embraer as informações técnicas estão disponíveis para toda a sua família de aviões de negócios, desde o Legacy 600 até os Praetor 600.

“Estas informações técnicas irão auxiliar os clientes a desenvolver procedimentos para o transporte de uma grande quantidade de vacinas contra a covid-19”, disse Sérgio Cunha, Diretor de Serviços Técnicos & Suporte a Produtos da Embraer.

Em dezembro de 2020, o fabricante já havia elaborado as orientações técnicas para auxiliar os operadores da sua família de aeronaves comerciais com os requisitos para o transporte de vacinas contra a covid-19, além de anunciar o uso de luz UV-C para higienização do cockpit, assim como desinfetantes de longa duração na cabine das aeronaves.

Por Gabriel Benevides

Publicado em 8 de Abril de 2021 às 11:30