Resultados positivos

Delta fecha ano de 2021 com lucro de US$ 400 milhões

Resultado foi impulsionado com a ajuda financeira do governo norte-americano


Airbus A321 da Delta Air Lines

Recuperação da demanda pode estagnada temporariamente por conta da ômicron, diz CEO | Foto: Divulgação

A Delta Air Lines divulgou os resultados financeiros referentes ao ano de 2021, reportando lucro anual de US$ 400 milhões (R$ 2,21 bilhões), se considerada a ajuda estatal que a companhia recebeu no período, de US$ 3,8 bilhões (R$ 21 bilhões).

As receitas operacionais nos doze meses fecharam em US$ 26,7 bilhões (R$ 147,5 bilhões), o que equivale a uma recuperação de 57% dos níveis pré-pandemia (ano de 2019), e as despesas fecharam em US$ 4,5 bilhões (R$ 24,8 bilhões), cerca de 25% do que foi registrado dois anos antes.

Sobre as expectativas para o início de 2022, o CEO da Delta, Ed Bastian, disse que "espera-se que a ômicron adie temporariamente a recuperação da demanda por 60 dias, mas à medida que olhamos para além do pico, estamos confiantes em uma forte temporada de viagens de primavera e verão com uma demanda reprimida significativa por viagens de consumo e negócios".

Para o primeiro trimestre deste ano, a companhia espera que recupere de 83% a 85% da capacidade, em relação ao primeiro trimestre de 2019 (antes da pandemia) e que as receitas alcancem de 72% a 76% destes níveis.

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

Marcel Cardoso

Publicado em 13 de Janeiro de 2022 às 15:15


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação Delta Lucros Resultados 2021