Futuro na África

Congo Airways encomenda dois Embraer 175

Pedido avaliado em US$ 194,4 milhões inclui ainda opção de compra para mais duas aeronaves


Congo Airways encomenda dois Embraer 175 e não descarta encomenda futura do E-Jet E2

A Embraer formalizou com a Congo Airways um pedido firme para dois Embraer 175. A empresa congolesa possui ainda uma opção de compra para mais duas unidades do mesmo modelo, tendo o seu contrato avaliado em US$ 194,4 milhões.

A companhia aérea oriunda da República Democrática do Congo definiu que a aeronave será configurada em duas classes, sendo 76 passageiros na classe econômica e 12 na executiva. As entregas deverão ocorrer no quarto trimestre de 2020, possivelmente com a produção já sob controle da Boeing Brasil Commercial.

LEIA TAMBÉM

Atualmente a Congo Airways possui uma frota com quatro aeronaves, sendo dois Airbus A320 e dois turbo-hélice Dash-8, no qual serão substituídos pelos modelos encomendados da Embraer.

“Estes jatos [Embraer 175] entrarão na nossa malha com o objetivo de substituir a nossa frota de turbo-hélices, nos permitindo atender mais rotas regionais na República Democrática do Congo”, disse Desire Bantu, CEO da Congo Airways. “Isso nos possibilitará criar novas ligações entre a África Ocidental, Central e Austral, por meio do nosso hub em Kishasa”.

A empresa não descarta no futuro adquirir aeronaves da família E-Jet E2. “ Tendo as aeronaves do tamanho certo para atender nosso mercado, que está crescendo cada vez mais, nos abrirá a possibilidade de pedidos adicionais no futuro, para qual o E2 é uma opção bastante atraente”, confirma Bantu.

ASSINE AERO MAGAZINE COM ATÉ 76% DE DESCONTO

Por Gabriel Benevides

Publicado em 11 de Dezembro de 2019 às 17:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião Embraer E-175 E2 E-Jet E-Jet E2 Congo Congo Airways África aviação regional Dash-8