Problemas para acelerar e desacelerar

Citation Hemisphere pode ser impactado por falhas no motor Silvercrest

Aeronave compartilha mesmo propulsor utilizado pela Dassault no programa Falcon 5X que teve mais problemas no desenvolvimento


Especial NBAA by 

As falhas atuais no motor Silvercrest, utilizados pelo Dassault Falcon 5X, pode trazer novos atrasos para a indústria. O motor também foi selecionado pela Cessna para impulsionar o Citation Hemisphere.

Por ora, a Textron Aviation, controladora da Cessna, não informa se as falhas encontradas no motor dedicado ao Falcon 5X também se aplicam à versão destinada ao Hemisphere. A previsão é que o modelo realize o primeiro voo em 2019, quando espera-se que as falhas atuais já tenham sido solucionadas.

Os voos atuais, conduzidos pela Safran, utilizando um Gulfstream 2 modificado, apontam algumas falhas em regimes específicos de potência. Particularmente atingindo voos em altas altitudes ou em baixa velocidade, durante os quais o motor não consegue entregar no tempo adequado as acelerações e reduções de velocidade.

O protótipo do Falcon 5X, que acumula 50 horas de ensaios em voo, utiliza um motor provisórios do Silvercrest, que ainda não é a versão definitiva esperada para o projeto. A expectativa é que a Cessna consiga iniciar os voos já com o motor em sua versão final.

Da redação

Publicado em 10 de Outubro de 2017 às 13:00


Notícias Cessna Textron Citation Hemisphere Falcon 5X Dassault Safran Silvercrest