AERO Magazine

Será?

Carro voador acumula 800 encomendas e pode se tornar realidade

Switchblade une qualidades do automóvel e avião de forma equilibrada e tenta criar nova era

Por Ernesto Klotzel em 13 de Setembro de 2018 às 16:00

Após mais de seis décadas o carro voador poderá ser uma realidade em curto prazo. Além de modelos autônomos, veículos que podem rodar em ruas e voar estão próximos a serem certificados. A norte-americana Samson Sky acumula 800 pedidos para o Switchblade, de clientes de 24 países.

O Switchblade pode voar a 165 nós (305 km/h) com uma relação potência/peso próxima a existente no Chevy Corvette, de 2017. Com isso, o modelo esportivo se tornou o carro-voador mais popular no mundo, ao menos em pedidos. O fabricante acredita ter encontrado um equilíbrio entre as qualidades do carro e do avião, ao obter um projeto que equilibra e para privilegiar igualmente seu comportamento no ar e em terra. Um dos entraves de carros voadores era o fato do carro atrapalhar as qualidades do avião, enquanto o avião inviabilizava seu uso como carro.

Embora o conceito tenha surgido década de 1940, algns países quere se tornar o berço da nova tecnologia. O Japão, por exemplo, convidou fabricantes e empresas globais para tentar solucionar a questão e usar o país como incubador de novos projetos. Entre os nomes que foram convocados estão Airbus, Boeing e Uber.

Contudo, ao menos para veículo que unem o automóvel ao avião, o entrave é a falta de infraestrutura para uso da nova tecnologia. Poucas vias permitem o uso de veículos do tipo, ainda exigindo áreas dedicadas para operações de pouso e decolagem. Além disso, o maior entrave está no controle de tráfego aéreo, que poderá ficar rapidamente saturado.


Notícias Samson Switchblade Carro Voador


Boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas