Grupo de risco na aviação

British Airways envia seis A380 para armazenagem de longa duração

Movimento ocorre após drástica redução da demanda e retirada temporária de serviço dos 747 da companhia


A British Airways iniciou a estocagem de longa permanecia de seus maiores aviões, enviado para o sul da França seis de seus onze Airbus A380. Os aviões voaram até o aeroporto de Châteauroux, conhecido por ser um dos principais centros de armazenagem de aeronaves da Europa.

Os quatro primeiros A380 já estão na França, com expectativa de mais dois serem transferidos até o final de amanhã (7). A companhia não confirmou o prazo para paralisação dos aviões, mas o retorno dependerá da resposta da demanda após o fim da pandemia de COVID-19.

LEIA TAMBÉM

A medida ocorre após a companhia britânica enviar para outro centro de armazenagem cinco Boeing 747-400, que foram desmobilizados logo depois da empresa suspender temporariamente seus voos de longo curso. A perspectiva era manter a frota de Jumbos voando até meados de 2021, mas a crise gerada pelo coronavírus poderá antecipar a data de retirada dos veteranos 747.

Atualmente apenas cinco A380 estarão disponíveis no aeroporto de Londres-Heathrow, mas sem confirmação do futuro dessas unidades.

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 6 de Abril de 2020 às 16:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião Boeing 747 Airbus A380 British Airways covid-19 coronavirus