Aviação Comercial

Boeing e Comac anunciam parceria

Empresas criarão centro tecnológico para redução de poluentes e desenvolvimento de biocombustível


A fabricante norte-america Boeing e a Comac (Commercial Aircraft Corporation of China) anunciaram um acordo de colaboração que possibilite o crescimento da aviação comercial na China e, consequentemente, no mundo todo. O acordo prevê a criação de um centro tecnológico em Pequim para conservação de energia e redução de emissões de poluentes. As empresas também concordaram em ter compromissos de liderança anuais e compartilhar suas previsões sobre o mercado de aviação civil. Boeing e Comac também vão colaborar com universidades e institutos de pesquisa chineses para expandir o conhecimento de tecnologias sustentáveis, como o biocombustível. A China é um dos mercados de aviação que mais crescem no mundo. Autoridades chinesas preveem um tráfego superior a 300 milhões de passageiros este ano, e superior a 1,5 bilhão em 2030. A Boeing prevê, ainda, que as companhias aéreas chinesas precisarão de cinco mil novas aeronaves para atender essa demanda.

Da Redação

Publicado em 9 de Março de 2012 às 10:57


Notícias