Duas vezes mais rápido que os aviões atuais

Avião supersônico da Nasa deverá voar no próximo ano

Chamado de X-39 QueSST aeronave será utilizada para validar novos conceitos aerodinâmicos e de propulsão


Aeronave experimental promete gerar novas tecnologias para voos supersônicos civis

  • Receba as notícias de AERO diretamente no Telegram clicando aqui

O primeiro avião supersônico civil, após o Concorde, deverá voar até meados de 2021, segundo os planos da Nasa. Ainda que seja uma aeronave conceito, criada em parceria coma Lockheed Martin, o chamado X-59 deverá permitir aprofundar os estudos referentes ao estrondo sônico e criar tecnologias mais limpas e silenciosas para os voos acima da velocidade do som.

O projeto desenvolvido pela Lockheed Martin e a Nasa, dentro da família X-Planes, deverá gerar dados que permitirá as autoridades reguladoras reescrever novas regras para voos civis supersônicos.

Receba as notícias de AERO diretamente no Telegram clicando aqui

LEIA TAMBÉM

A expectativa é que o chamado X-39 QueSST (Quiet Supersonic Technology) permita evoluir conceitos aerodinâmicos e de propulsão que suspenda a proibição de viagens comerciais supersônicas sobre o continente. Atualmente os voos acima da velocidade do som estão restritos a regiões oceânicas, tornando pouco viável o uso de aeronaves do tipo na maioria dos voos no mundo.

X-59 será utilizado exclusivamente em voos científicos e deverá voar em 2021

Ainda que seja desenvolvido pela Lockheed Martin, o X-59 é um projeto tecnológico aberto, que deve gerar tecnologia e conhecimento para fabricantes de aeronaves de todo o mundo. O avião deverá voar a Mach 1,4 (1,4x a velocidade do som) algo próximo a 1.728 km/h, a uma altitude média de 55.000 pés.

No futuro a indústria aeronáutica espera conceber novos aviões supersônicos, com velocidade média de Mach 1,5. Ainda que inferior a velocidade máxima do Concorde, que superava Mach 2, a velocidade projetada será suficiente para reduzir em metade do tempo a maior parte dos voos de médio e longo curso em todo o mundo.

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 9 de Junho de 2020 às 15:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião Lockheed Nasa Concorde voo supersônico velocidade do som Mach