Empresa espera obter a liderança no mercado asiático

Até 2020 empresa chinesa terá 976 aeronaves

China Southern prevê receber mais de 300 aviões em três anos, se mantendo como a maior empresa aérea da região


Com o reaquecimento da economia global, a maior parte das empresas aéreas estão aproveitando para ampliar suas frotas e receber novas aeronaves, mais eficientes e modernas. A China Southern está programando receber 309 aeronaves ao longo dos próximos três anos, sendo que metade deste total deverá ser entregue ainda em 2018.

A expectativa é que sejam entregues 61 Boeing 737-800, 39 Airbus A320, dez Boeing 787-9 e cinco A330-300. Ao mesmo tempo, a empresa espera retirar de serviço 29 aeronaves, o que manterá uma frota de 840 aviões, ou 86 aeronaves a mais que no ano passado.

A previsão da China Southern é encerrar 2020 com uma frota composta por 979 aeronaves, composta por modelos Airbus e Boeing, podendo atuar em mercados majoritariamente entre 150 e 330 passageiros.

A China Southern é a maior empresa aérea da China em termos de frota, além de deter ações de diversas empresas aéreas, como a Xiamen Airlines, Zhuhai Airlines, Guizhou Airlines, Chongjing Airlines e Hebei Airlines

Por Ernesto Klotzel

Publicado em 27 de Março de 2018 às 15:30


Notícias China Southern Boeing Airbus A320 A350 XWB 737 787 777