A partir de março de 2022

American Airlines anuncia mudanças na cúpula da companhia

Robert Isom será o novo CEO, no lugar de Doug Parker


Boeing 777 da American

Mudança veio em um momento de recuperação dos efeitos da pandemia | Foto: Divulgação

A American Airlines anunciou que o CEO, Doug Parker, vai deixar o cargo no final de março de 2022. Robert Isom, hoje presidente, assumirá o posto, bem como também entrará para o conselho de diretores, sem perder as atuais funções.

Antes de assumir a presidência, em 2016, Isom foi vice-presidente executivo e diretor de operações da American após ocupar o mesmo cargo na US Airways, que se fundiu com a empresa aérea no fim de 2013, além de ter passagens por outros conglomerados do setor.

"Estou extremamente satisfeito por ele ser o próximo CEO da American Airlines, que é realmente o melhor emprego em nosso setor. (...) Seus esforços para orientar e apoiar nossa equipe durante a pandemia foram fenomenais. (...) Agora é o momento certo para uma transferência que planejamos e nos preparamos. Sinto-me muito afortunado por entregar as rédeas a este líder claro e capaz”, segundo Doug Parker, que vai se aposentar ao deixar o posto.

A American Airlines é a maior companhia aérea do mundo, com mais de 1.300 aeronaves em sua frota. Durante a pandemia de covid-19, a fim de manter a sua operacionalidade, a empresa recebeu um aporte bilionário do governo norte-americano.

Nas próximas semanas, estão previstas as entregas graduais de dez Boeing 787-8 Dreamliner, quatro Embraer ERJ-170 e dois 737 MAX 8.

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

 

Marcel Cardoso

Publicado em 7 de Dezembro de 2021 às 17:45


Notícias noticias noticias de aviação American Airlines CEO Doug Parker Robert Isom