Far far away

Aeronave de negócios quebra recorde mundial ao voar por 14.797 km sem escalas

Global 7500 supera própria marca em novo voo entre a Austrália e os Estados Unidos


O Global 7500 obteve mais um recorde mundial de distância, ao voar sem escalas entre Sydney, na Austrália e Detroit, nos Estados Unidos, percorrendo 8.225 nm (15.232 km).

De acordo com a Bombardier o voo ocorreu de forma direta, com ventos de cauda de aproximadamente 20 nós (37 km/h) e foi realizado no último dia 6 de outubro. A marca supera o recorde anterior conquistado pelo próprio Global 7500, que havia percorrido 7.990 nm (14.797 km), entre Cingapura e a cidade norte-americana de Tucson.

LEIA TAMBÉM

Maior parte da rota de 14.797 km entre Sydney e Detroit é sobre o Pacífico. Note a enorme distância entre as duas cidades, situadas em lados opostos do Planeta | Imagem: Google Earth Pro

A distância atingida coloca o Global 7500 entre os dez aviões de maior alcance no mundo, sendo ainda o modelo de maior alcance e capacidade da família Global, contando com uma cabine com quatro zonas, incluiu uma suíte com chuveiro. A aeronave dispõe de novas asas, com aerodinâmica avançada e é impulsionada pelos motores GE Passport, de 18.650 lbf, cada.

Em maio de 2019 o avião esteve no Brasil durante seu tour mundial, passando pelo aeroporto de Congonhas, sendo apresentados aos principais clientes da aviação de negócios no país. Na ocasião a AERO Magazine foi o único veículo de imprensa especializado convidado para o evento.

O avião foi desenvolvido para voar distância de até 7.700 nm, com velocidade de cruzeiro de Mach 0.85, com velocidade máxima de Mach 0.925.

ASSINE AERO MAGAZINE COM ATÉ 76% DE DESCONTO

Edmundo Ubiratan | Imagem: Divulgação

Publicado em 10 de Outubro de 2019 às 17:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião Bombardier Global 7500 jatinho longo alcance voo mais longo Mach Congonhas Sydney Detroit