Versátil

Versão de dez lugares do PC-24 é certificada nos EUA e Europa

Nova configuração amplia flexibilidade de cabine do primeiro jato de negócios projetado para operar em pistas de terra


PC-24 está entre os aviões de negócio a jato com maior flexibilidade operacional

A versão ‘commuter’ com dez assentos do PC-24 foi certificada nos Estados Unidos e na Europa, ampliando assim a flexibilidade de cabine do jato de negócios da Pilatus. A nova opção de cabine amplia em dois lugares o total de poltronas disponíveis.

O novo interior foi aprovado pelas autoridades de aviação no início de novembro, com a primeira entrega devendo ocorrer nos próximos dias, para um cliente dos Estados Unidos.

Este novo layout não agrega maior peso estrutural ao PC-24, porém, por ampliar a capacidade de transporte de passageiros existe uma penalidade no alcance, que passa para 1.400 nm (2.590 km), uma redução de 400 nm no alcance padrão, da versão de oito lugares. Comparado ao cruzeiro de longo alcance, com quatro ocupantes, que permite o avião voar por 2.000 nm (3.704 km) a redução é ainda mais significativa.

A versão de grande capacidade é especialmente útil para operadores que voam distâncias médias, com maior número de ocupantes, como empresas de fretamento especializada em voos corporativos.

O PC-24 ainda se destaca por ser o primeiro avião de negócios a jato projetado para operar também em pistas não-preparadas, incluindo de terra, grama ou cascalho.

  • Se inscreva no canal da AERO Magazine no YouTube clicando aqui

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 18 de Novembro de 2020 às 16:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião Pilatus PC-24 jatinho aviação de negócios pista de terra