Veículo aéreo autônomo da Boeing sofre acidente

Aeronave realizava ensaios em voo quando uma falha causou a perda de controle do modelo


O protótipo do veículo aéreo não tripulado da Boeing, destinado a mobilidade aérea urbana, caiu durante um voo de testes. A aeronave desenvolvida pela Aurora Flight Science, subsidiária da fabricante norte-americana, realizava seu quinto voo experimental, quando perdeu o controle e colidiu com o solo. A aeronave evoluía de forma autônoma em uma área destinada a esse tipo de voo.

LEIA TAMBÉM

A Boeing abriu uma investigação interna para apurar a causa da falha. Ainda que esse tipo de conceito seja recente, aeronaves autônomas são uma realidade na aviação militar, exigindo apenas mudanças em termos de conceito e segurança. Um dos diferenciais do modelo é ser impulsionado por motores elétricos, com capacidade estimada em até 90 km.

Medindo 9,44 metros de comprimento e 8,53 metros de largura, sua fuselagem avançada integra os sistemas de propulsão e de asa em uma solução hibrida de voo.

O modelo demonstrador de tecnologia não deverá ser o mesmo utilizado no futuro em voos urbanos. O protótipo completou uma decolagem controlada, seguido de ensaios com voo pairado e aterrissagem. Nos voos subsequentes, os testes incluíram voos em linha reta com transições no nível de voo, variando sua altitude.

A expectativa é que o acidente não comprometa o desenvolvimento do conceito pela Boeing, que disputa o mercado com diversos fabricantes, incluindo startups e fabricantes estabelecidos, como Airbus e Embraer.

ASSINE AERO MAGAZINE COM DESCONTO

Por Edmundo Ubiratan | Fotos: Divulgação

Publicado em 14 de Junho de 2019 às 12:41


Notícias Boeing Uber Embraer Airbus Aurora Aurora Flight Science