Trump

Trump discute os custos do F-35 com presidente da Lockheed

Presidente do fabricante prometeu baixar o preço para os contribuintes


Pouco após a explosão de Donald Trump, via Twitter, referente ao preço elevado do F-35 Lightning II, a presidente do fabricante Lockheed Martin, Marillyn Hewson prometeu baixar os custos em benefício dos contribuintes norte-americanos. 

Hewson se encontrou com Trump em Palm Beach, Florida, antes do Natal, revelando ter feito uma promessa pessoal de redução dos custos de produção do F-35, considerado o mais elevado na história dos EUA. Pelo Twitter, Trump havia solicitado o preço de um Super Hornet avançado como alternativa ao F-35, uma eventualidade pouco real, segundo muitos analistas aeronáuticos e de defesa.

No ano passado, o F-35 foi responsável por cerca de 20% da receita da Lockheed. Após os tweets do Presidente eleito, as ações da empresa caíram 1,3%.

 

Ernesto Klotzel

Publicado em 28 de Dezembro de 2016 às 22:00


Trump Lockheed Martin F-35 Marillyn Hewson