55º Super Bowl

Tríade de bombardeiros dos EUA sobrevoam a abertura do 55º Super Bowl

Força aérea enviou seus B-52, B-2 e B-1 para a Florida e soma das designações é exatamente o número do evento


Trio de bombardeiros da força aérea dos Estados Unidos sobrevoa a abertura do Super Bowl

A força aérea dos Estados Unidos (USAF, na sigla em inglês), realizou uma passagem baixa com seus três principais bombardeiros durante a abertura do Super Bowl, a final do campeonato de futebol americano.

Este ano foi a 55º edição do Super Bowl, realizado no Ryamond James Statium, na cidade de Tampa, na Flórida, contou com a passagem de um B-52, um B-1B e um B-2. Não por um acaso a soma dos três bombardeiros é 55.

O Super Bowl conta com uma das maiores audiências da televisão dos Estados Unidos, sendo disputado por patrocinadores que pagam milhões por segundos de audiência. As forças armadas norte-americanas tradicionalmente abrem todos os eventos esportivos relevantes do país, e participam ativamente do Super Bowl.

A oportunidade de ganhar destaque no evento é importante para a divulgação dos trabalhos dos militares dos Estados Unidos, por tanto a presença da tríade de bombardeiros, que a soma era exatamente a edição do Super Bowl ajuda a promover a força aérea.

Saiba mais...

Os aviões que participaram do evento estão baseados em locais distintos dos Estados Unidos, o que exigiu uma coordenação extra para realização do voo. O B-52 Stratofortress partiu da base aérea de Minot, na Dakota do Norte, enquanto o B-1B Lancer saiu da base de Ellsworth, na Dakota do Sul e o B-2 Spirit saiu da base aérea de Whiteman, no Missouri.

O planejamento e coordenação da força de bombardeiros foi também um dos destaques dos comentaristas que transmitiam o Super Bowl, ressaltando a capacidade logística e estratégica dos Estados Unidos.

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 8 de Fevereiro de 2021 às 10:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação B-52 B-1 B-2 bombardeiros USAF Super Bowl força aérea EUA USA Florida Tampa