Frota com 18 Cessna Grand Caravan

Táxi-aéreo que atua em MG recebe autorização para fazer voos regionais em todo o Brasil

Com frota de turbo-hélices, a Two Flex poderá fazer o transporte aéreo de passageiros em complemento a rotas de grande densidade


A empresa de táxi-aére Two Flex recebeu da Anac autorização para operar como companhia aérea regular de passageiros. Com autorizção de Operação Complementar, a empresa poderá ampliar para todo o território nacional seus serviços de aviação regional que já desenvolve em Minas Gerais. Assim, poderá atuar na complementação de voos comerciais, diretamente ou em parceria com as companhias aéreas, criando hubs em várias regiões.

“Trata-se de um importante reconhecimento de que a Two Flex é qualificada para atuar no transporte de passageiros em rotas complementares às operadas pelas companhias aéreas”, afirma Rui Aquino, presidente da Two Flex, que tem base em Jundiaí, em São Paulo.

Desde o ano passado, a empresa opera rotas da Voe Minas Gerais, um programa de integração regional promovido pela Codemig, que promove a interligação de 17 cidades mineiras com custo de bilhete entre R$ 130,00 a R$ 800,00 por trecho. Em pouco mais de um ano de operação, foram mais de 11 mil passagens vendidas e 4 mil voos realizados, segundo a Two Flex. A taxa média de ocupação dos voos, que começou em 11,1%, atualmente é de 49,7%.

De acordo com a Anac, a Operação Complementar (operação de transporte aéreo regular de passageiros entre cidades de menor porte e grandes cidades) prevê voos em pelo menos uma rota entre dois ou mais aeródromos regulares, conforme horários de voo tornados públicos, com uma frequência semanal total de pelo menos dois circuitos fechados.

Com cerca de 20 mil horas por ano de voo, o equivalente a 4,8 milhões de quilômetros, a Two Flex possui uma frota de 18 Cessna Gran Caravan com capacidade para até nove passageiros. Neste mês, a empresa inicia operação de simulador de voo próprio.

 

Da redação

Publicado em 27 de Novembro de 2017 às 10:05


Notícias