Mais verde

SAS recebe seu primeiro A321LR utilizando combustível sustentável

Comunidade europeia amplia restrições na emissão de poluentes e setor aéreo busca soluções inovadoras


Novos A321LR da SAS serão utilizados em voos transatlânticos

A escandinava SAS recebeu o seu primeiro de três A321LR, ampliando sua capacidade de assentos em rotas de médio e longo curso. A entrega ocorreu nas instalações da Airbus, com a aeronaves sendo abastecida uma mistura de combustível de aviação sustentável de 10 por cento.

A iniciativa faz parte do compromisso da SAS em reduzir a sua pegada de carbono e do objetivo da Airbus de contribuir para as ambiciosas metas ambientais do setor da aviação. Atualmente a comunidade europeia tem ampliado a rigidez de normas de emissão de carbono, atingindo sobretudo o setor de transporte aéreo.

Os novos A321LR da SAS foram equipados com os motores CFM Leap-1A, e configurados com 157 assentos, em três classes (22 poltronas da SAS Business, doze SAS Plus e 123 na econômica. A companhia planeja empregar a nova aeronave nos principais voos de longo curso partindo dos países nórdicos em rotas transatlânticas. Com alcance de até 4.000 nm (7.400 km), o A321LR se tornou uma opção para operadores de rotas de médio e longo alcance e capacidade intermediária de assentos.

Atualmente a SAS opera uma frota composta por 76 aeronaves da Airbus, sendo 63 modelos da família A320, nove A330 e quatro A350 XWB.

  • Se inscreva no canal da AERO Magazine no YouTube clicando aqui

Por Gabriel Benevides

Publicado em 20 de Outubro de 2020 às 18:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião Airbus A321LR A320 A350 A330 A320neo querosene de aviação SAS nórdico Europa poluição