Reino Unido aposenta seu último avião de alerta e controle aéreo

Cortes no orçamento forçaram a força aérea real aposentar antecipadamente seus E-3D Sentry


Boeing E-3B Sentry da Royal Air Force

Cortes orçamentários anteciparam a aposentadoria dos E-3D Sentry da Royal Air Force

A força aérea real do Reino Unido aposentou, no dia 4 de agosto, seu último Boeing E-3D Sentry AEW Mk 1. O avião, de registro ZH103, partiu no dia 30 de julho, da base de Akrotiri, no Chipre, realizando voos como parte da Operação Shader, a contribuição do Reino Unido para as operações anti-Isis na Síria e no Iraque.

Ainda que fossem parte importante da capacidade militar do Reino Unido, o corte no orçamento promovido após 2011, iniciou um constante contingenciamento de recursos destinados ao Sentry, que passaram a voar menos horas e com uma frota reduzida.

O E-3D Sentry entrou em serviço na RAF em 1991, substituindo os veteranos Avro Shackleton AEW.Mk 2, na sequência do cancelamento do Nimrod AEW.Mk 3. A expectativa agora é que a frota atual seja substituída por três novos Boeing E-7A Wedgetail, baseado no 737-700, a partir de 2023.

Ao longo dos próximos meses as missões dos E-3 Sentry da RAF serão realizadas por aeronaves da Otan, especialmente os E-3 utilizados pela França.

Um dos aviões da RAF foi recentemente vendido para a Marinha dos Estados unidos, por US$ 15 milhões, onde será utilizado em missões de treinamento para as tripulações dos também veteranos E-6B Mercury. Ainda que sejam tecnicamente diferentes, a intenção dos norte-americanos é adestrar seus tripulantes em um avião não operacional, poupando a pequena frota de Mercury em serviço.

O avião, registro ZH104, está no aeroporto de Lake Charles, na Louisiana, onde será modificado pela Northrop Grumman como treinador do E-6B, até ser finalmente aposentado com a chegada dos novos E-7A Wedgetail também na marinha norte-americana.

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 6 de Agosto de 2021 às 16:00


notícias de aviação aeronave avião Boeing 737-700 E-7 E-3D E-6B Sentry RAF Royal Air Force Mercury US Navy marinha EUA