Certificação

Monomotor turbo-hélice utilitário recebe certificação da autoridade europeia

A aeronave STOL já é homologada em mais de 50 países


A Quest Aircraft obteve a certificação da EASA (órgão que regulamenta a segurança de voo na Europa) para seu monomotor turbo-hélice Kodiak 100 (US$ 2,5 milhões) que já conta com esta licença em mais de 50 países. Esta conquista cresce em importância diante da aprovação recente do voo monomotor turboélice noturno para fins comerciais na Europa.

O Kodiak 100, de dez lugares é construído de alumínio, tem motor Pratt & Whitney PT6 e aviônicos Garmin G1000. Pode operar em pistas não-preparadas e ser equipado com flutuadores, sem necessidade de estruturas adicionais. Pode decolar em distâncias inferiores a 1.000 pés (300 m) com peso máximo de decolagem de 7.255 lb (3.300 kg) e subir a 1.300 pés/min (6,6 m/seg).

Por Ernesto Klotzel

Publicado em 12 de Abril de 2017 às 09:05


Notícias Quest Aircraft Kodiak 100 EASA