Terror remotamente pilotado

Grupo terrorista ataca avião comercial usando drone armado

Extremistas do Iêmen lançaram uma série de ataques contra alvos civis na Arábia Saudita


Airbus A320 danificado na Arábia Saudita após ataque com drone terrorista

Drone armado causou sérios danos na fuselagem de um Airbus A320 que estava estacionado no aeroporto de Abha

No dia 10 de fevereiro um Airbus A320 foi severamente danificado após um ataque realizado com um drone doméstico pelo grupo terrorista iemenita Houthi.

A promoção de ataques contra a aviação civil não é um evento isolado entre extremistas, que há décadas tem como alvo aeronaves comerciais. O caso ocorreu no aeroporto de Abha, na Arábia Saudita, distante 120 km da fronteira com o Iêmen.

Foram utilizados quatro drones, com um deles atingindo com sucesso um dos aviões estacionados no aeroporto. O Airbus atingido, de matrícula HZ-FAB, tem apenas três anos de uso e pertence a companhia aérea de baixo custo flyadeal. Segundo a empresa, a aeronave havia realizado o voo F34512 entre Dammam e Abha, pousando às 12h30 (local).

Após o drone atingir a fuselagem do avião a carga explosiva detonou, causando um grave dano no lado esquerdo do avião, próximo à cauda. Ainda que tenha gerado um princípio de incêndio, o fogo foi controlado e não houve feridos.

Os ataques com drones contra a Arábia Saudita estão se intensificando nos últimos anos, com grupos terroristas do Iêmen buscando atingir alvos importantes, como refinaria de petróleo, aeronaves civis e prédios públicos.

Dias antes as forças militares sauditas já haviam interceptado dois ataques com drones armados, que tinham como alvo civis.

 

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 16 de Fevereiro de 2021 às 14:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação Airbus A320 drone Iêmen terrorista Arábia Saudita Abha Houthi