Futuro caça brasileiro

Futuro caça brasileiro realiza o primeiro lançamento de míssil

Ensaio com Gripen NG incluiu alijamento do tanque de combustível externo e verificação de sistema de armas


Dentro do processo de certificação e validação do novo Gripen NG, a Saab concluiu com sucesso os primeiros testes para verificar a capacidade de liberar e lançar cargas externas do Gripen E, a versão monoplace do futuro caça.

Os testes foram realizados no campo de testes em Vidsel, no norte da Suécia, conduzidos pelo primeiro Gripen E de testes em voo (39-8). O ensaio incluiu o alijamento de um tanque de combustível externo e o disparo de um míssil IRIS-T ar-ar.

Esses testes são os passos mais recentes do programa de ensaios em voo do Gripen NG, os quais foram antecedidos pelos testes de carregamento, realizados em julho e são parte do trabalho de integração de armas.

O modelo utilizado na campanha de ensaios em voo cumpre a especificação sueca, que difere em alguns pontos do modelo que será adotado pelo Brasil. A versão brasileira do Gripen E ainda está em fase final de montagem, nas unidades da Saab na Suécia. O Gripen F, que será exclusivo do Brasil, deverá ser projetado e montado em parceria com a Embraer, mas sem uma data estabelecida para o primeiro voo.

As autoridades de ambos os países estão priorizando o desenvolvimento da versão monoplace, para na segunda fase iniciar a produção do modelo de dois lugares.

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 26 de Outubro de 2018 às 15:00


Notícias Saab FAB Brasil Suécia Gripen Gripen NG Gripen F Embraer